mspyBlog
mSpy blog Atualizações, notícias e dicas no blog oficial do mSpy
Busca

Saiba agora como raquear o WhatsApp de maneira rápida e segura

Laura Alves Cardoso

Atualmente no Brasil, o aplicativo de mensagens instantâneas mais usado é o WhatsApp. Ele permite que várias pessoas consigam conversar, trocar informações e, até mesmo, enviar imagens e arquivos de qualquer lugar do mundo. É uma ferramenta importante para usar no trabalho, manter seus contatos sempre à mão e ainda fazer novas amizades.

Índice

Porque hackear o WhatsApp de outra pessoa?

Existem diversas razões pelas quais você pode querer hackear o WhatsApp de outra pessoa. E a principal certamente é o controle e segurança das pessoas que ama. Muitas pessoas que já atingiram a maturidade ainda não estão habituadas à rápida mudança tecnológica, nem conseguem fazer o uso dos aplicativos de maneira eficaz.

Mesmo que seus pais ou avós residam em outra cidade, ou país, você poderá hackear o WhatsApp a distância! Sim, hoje é possível hackear o WhatsApp com facilidade.

Proteja sua família e monitore a atividade de seus filhos através de um aplicativo para hackear o WhatsApp, além de poder, mantê-los em segurança.

Os 5 principais métodos que já experimentamos e testamos

Preparamos aqui uma lista com os métodos mais utilizados para invadir o WhatsApp de outra pessoa. Você poderá hackear o WhatsApp de outro celular seguindo alguns desses métodos. Leia mais para saber quais os melhores e mais vantajosos.

1. Utilizando um app espião

Esta é, certamente, a forma mais eficaz e segura de se raquear o WhatsApp de alguém. O uso de um app espião garante praticidade e eficiência a seus usuários. Testamos diversos modelos e encontramos o melhor aplicativo espião para invadir o WhatsApp: mSpy.

Este aplicativo para hackear o WhatsApp é confiável, pois já está há mais de 10 anos no mercado. Com ele, você poderá hackear o WhatsApp pelo número, de maneira fácil. Garanta a segurança de sua família com este método, e tenha o conhecimento das conversas, troca de imagens e arquivos de seus entes queridos.

mspy-banner-image
Não há solução de monitoramento melhor!
Cadastre. Instale. Monitore.

2. Usando o WhatsApp Web

O WhatsApp web é uma versão online que dá o acesso ao WhatsApp no desktop. Mas, para isso acontecer, é necessário que você tenha em mãos o aparelho celular que deseja monitorar, com o WhatsApp instalado, e realizar a leitura de um QR code da página.

Este método pode não ser muito eficaz, já que você deverá ter acesso ao celular da pessoa em mãos e conectá-lo em seu computador. Ou seja, possivelmente, você não poderá hackear o WhatsApp de outro celular.

Além disso, o WhatsApp web é instável e sempre desconecta a conta de sua máquina, obrigando-o a realizar todo procedimento novamente.

3. Utilizando um Keylogger

O keylogger é um aplicativo que deverá ser instalado no computador, celular ou outro dispositivo do gênero, de outra pessoa para se ter o conhecimento de suas mensagens. Este aplicativo copia tudo o que foi digitado no teclado do aparelho e salva em uma pasta.

Ou seja, você, em tese, teria acesso ao login e senha de várias redes sociais, além de quaisquer outras informações que tenham sido digitadas.

Este método pode ser eficiente para outras redes sociais, mas é pouco efetivo para hackear WhatsApp. Isto se deve ao fato de que um keylogger é pouco amigável e precisa de certo conhecimento para instalá-lo e ainda muita paciência para procurar por mensagens específicas do WhatsApp em meio a todas as palavras escritas pela outra pessoa.

4. Criando um clone do WhatsApp

Existem programas específicos que permitem clonar a conta do WhatsApp de outra pessoa. Porém, não é fácil encontrar um programa que valha realmente a pena. A maioria dos sites que disponibilizam este tipo de programa de maneira gratuita estão cheios de vírus e armadilhas.

Estes sites são confusos e não ensinam muito bem como hackear o WhatsApp. Você poderá fazer uma busca detalhada e ainda assistir a tutoriais no YouTube, mas isso tomará muito do seu tempo, e você poderá se cansar e desistir.

Um clone do WhatsApp poderá ser útil se você tiver as ferramentas necessárias e possuir certo conhecimento técnico.

5. Tendo acesso pelo número do celular

Este não é exatamente um método de raquear o WhatsApp. Com ele, você terá que usar o número do celular da pessoa que deseja monitorar. Basicamente, você teria que recriar uma conta do WhatsApp com o número de celular da pessoa a ser hackeada.

O problema disso é que o mensageiro enviará um código de verificação para o celular da pessoa (que é o que, de fato, possui o número). Ou seja, no momento em que este SMS é enviado, você precisaria ter o celular da pessoa em mãos para descobrir o código. Um tanto quanto improvável.

Você gastará seu tempo e paciência com um método pouco funcional e não conseguirá invadir o WhatsApp de outra pessoa.

Conclusão

Como mostrado em todo o artigo, a maneira mais eficaz de hackear o WhatsApp é pelo uso de um aplicativo espião. E indicamos o famoso mSpy. Este aplicativo para hackear o WhatsApp certamente poupará seu tempo e energia e lhe entregará o melhor serviço disponível hoje. Conheça agora este aplicativo e veja como é fácil hackear o WhatsApp a distância.

mspy-banner-image
Não há solução de monitoramento melhor!
Cadastre. Instale. Monitore.
Laura é tradutora de Português/Inglês, escritora e editora com Mestrado em Comunicação pela Universidade Federal da Paraíba. Ela tem uma criatividade notável e acredita que a imaginação é a chave para o progresso científico mundial. Laura tem quatro romances de fantasia publicados e é autora de diversas traduções de ficção.

Deixe um resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Voltar ao Topo
Inscreva-se na nossa newsletter