mspyBlog
mSpy blog Atualizações, notícias e dicas no blog oficial do mSpy
Busca

App para hackear Instagram: aprenda a entrar numa conta do Instagram de alguém

Laura Alves Cardoso

Hoje, uma das redes sociais mais acessadas é o Instagram. Esse aplicativo reúne fotos e vídeos de milhões de pessoas. Nele, você pode seguir seus ídolos e amigos e ainda interagir com eles. Aqui, você aprenderá 6 métodos de como hackear o Instagram de outra pessoa.

Índice

Porque hackear o Instagram de outra pessoa?

Hackear o Instagram de outra pessoa pode parecer algo invasivo, ou até mesmo ilegal. Mas existem boas razões para que você faça isso. Então, como raquear o Instagram de outra pessoa pelo celular?

Uma das principais razões para se hackear uma outra conta do Instagram é o controle parental. Muitas crianças e adolescentes possuem acesso ilimitado a aparelhos eletrônicos com conexão com a internet, e isso pode ser um perigo. Ao hackear o Instagram do seu filho, você pode evitar que indivíduos mal intencionados interajam com ele.

Há também a possibilidade de você ser um empresário e querer ter a certeza que as informações de seus negócios não estão sendo divulgadas através de seus empregados.

Os 6 principais métodos que já experimentamos e testamos

Nossa equipe preparou uma lista de alguns métodos possíveis de se invadir uma conta do Instagram. Se você deseja hackear o Instagram de outra pessoa, mas tem medo ou não sabe como fazer, trouxemos aqui 6 opções:

1. Utilizando um app espião

Um app espião lhe permite invadir contas de redes sociais de forma segura e eficaz. Testamos o melhor app espião disponível: mSpy. Nele você consegue hackear o Instagram em 3 minutos pelo celular. E ainda hackear a senha do Instagram.

O procedimento é possível graças ao poderoso keylogger acoplado ao mSpy. Ele garante que absolutamente tudo que foi digitado, em qualquer site ou app, seja imediatamente capturado e disponibilizado para você, quando quiser. Assim, as credenciais utilizadas nas redes sociais daquele celular, por exemplo, também são interceptadas para você.

Rápido e fácil de usar, o app mSpy consegue hackear o Instagram de outra pessoa e ainda transmitir em tempo real tudo o que acontece na conta da pessoa invadida e ainda ler todas as mensagens que a pessoa enviou ou recebeu. Até mesmo as que foram deletadas!

mspy-banner-image
Não há solução de monitoramento melhor!
Cadastre. Instale. Monitore.

2. Phishing

Este método é perigoso e ilegal. Não recomendamos utilizar tal engenharia social, pois essa técnica é feita para enganar as pessoas, com o intuito de roubar informações confidenciais e bancárias. Neste método é necessário enviar links ou arquivos contaminados, e ainda fazer com que a pessoa clique ou baixe o arquivo.

É a pior forma de se hackear o Instagram de outra pessoa, pois é considerado como um crime cibernético. Além disso, seu computador ou celular se tornará vulnerável a outras pessoas má intencionadas, que poderão invadir seu sistema, roubar informações e deixar seu aparelho cheio de vírus.

3. Usando um Keylogger

Este é um método que funciona, mas não é muito eficiente. O keylogger lhe permite monitorar um computador, tablet ou celular, através do registro de pressionamento de teclas. Ele registra tudo o que uma pessoa digita em um determinado computador. Por isso sua ineficiência.

O texto salvo será de tudo o que a pessoa digitou, então você não conseguirá encontrar facilmente somente a parte relacionada ao Instagram. Por não ser, em si, uma solução fácil de ser entendida e manipulada por usuários comuns, você terá dificuldades para desfrutar de todas as possibilidades que um app espião de qualidade proporciona, como verificar as curtidas, e quem a pessoa seguiu ou deixou de seguir.

4. Acessando senhas salvas

Esta é uma forma fácil. Muitos usuários deixam a senha salva em seus computadores. Memorizar as senhas e logins dos sites e aplicativos no navegador é um hábito comum, principalmente se o computador for de uso pessoal. E hoje quase todos os navegadores possuem maneiras de exibir as combinações salvas.

Essa função é útil no caso de você se esquecer as senhas e precisar recuperá-las para utilizar em outro aparelho. Mas também pode servir para ter acesso às combinações utilizadas e memorizá-las para invadir o Instagram da pessoa através de outro dispositivo. Mas tudo isso pode não dar certo se a pessoa não deixá-las salvas no navegador.

5. Utilizando sites gratuitos

Se você buscar “métodos de hackear Instagram” no Google, você encontrará diversos sites para hackear o Instagram, como ighack ou instaleak, que prometem hackear qualquer conta apenas com o username que a pessoa utiliza no Instagram.

Mas a maioria desses sites são perigosos e podem roubar os seus dados pessoais. Esses sites são feitos por hackers que querem aplicar golpes ou distribuir vírus. Ao acessá-los, o seu computador ficará vulnerável e desprotegido, dando brechas para invasões e roubo de dados.

6. Use a ferramenta “Esqueci minha senha

Parece óbvio, mas é uma possibilidade que pode funcionar se você tiver os dados que são exigidos pelo aplicativo. Mas você precisará saber de dados muito específicos como e-mail, senha de e-mail, telefone e outros.

Conclusão

Agora que você já tem ciência dos métodos possíveis para raquear o Instagram de outra pessoa, fique a vontade para escolher o que mais te agrada. Mas sugerimos enormemente a primeira opção: o uso de um aplicativo espião. O mSpy é hoje o melhor app para hackear o Instagram disponível. Essa é a forma mais prática, segura e eficaz de ter acesso a uma conta que pretende monitorar. Agora você pode hackear o Instagram em 3 minutos!

mspy-banner-image
Não há solução de monitoramento melhor!
Cadastre. Instale. Monitore.
Laura é tradutora de Português/Inglês, escritora e editora com Mestrado em Comunicação pela Universidade Federal da Paraíba. Ela tem uma criatividade notável e acredita que a imaginação é a chave para o progresso científico mundial. Laura tem quatro romances de fantasia publicados e é autora de diversas traduções de ficção.

4 Comentários

Deixe um resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Voltar ao Topo
Inscreva-se na nossa newsletter