mspyBlog
mSpy blog Atualizações, notícias e dicas no blog oficial do mSpy
Busca

Aprenda a invadir o Facebook de outra pessoa de forma rápida e segura

Laura Alves Cardoso

O Facebook hoje é a rede social mais usada no mundo. Nela, podemos interagir com amigos, empresas e ainda conhecer diversas pessoas de inúmeras nacionalidades. Essa ferramenta de interatividade nos possibilita, se desejar, encurtar as vias de acesso de um cliente com uma empresa.

Índice

Porque hackear o Facebook de outra pessoa?

Não se sinta mal ao pensar em como hackear o Facebook de alguém. Existem boas razões em fazê-lo, como, por exemplo, cuidar da segurança de seu filho. Hoje praticamente todas as pessoas possuem um perfil no Facebook, inclusive as crianças.

Pessoas mal intencionadas podem usar o Facebook para tentar se comunicar e enganar crianças e adolescentes. Por isso, rastrear e observar o Facebook do seu filho pode ser um ótimo método para ter certeza de que ele não está correndo nenhum perigo online.

Além de proteger seus filhos, hackear um Facebook pode ser útil em descobrir possíveis traições em seus relacionamentos.

Os 5 principais métodos que já experimentamos e testamos

Nossos assistentes descobriram e testaram os principais métodos usados para saber como hackear um Facebook de outra pessoa. Então, apresentamos uma lista com 5 opções, umas mais fáceis outras mais complicadas, de se invadir o Facebook:

1. Utilizando um app espião

Essa é a melhor opção escolhida por nossa equipe. Um app espião consiste em um programa para hackear o Facebook, onde você conseguirá facilmente aprender como raquear o Facebook pelo celular. É possível ter acesso rápido e seguro ao Facebook da pessoa que deseja rastrear.

São muitos os benefícios de usar um aplicativo espião, como a segurança de seu aparelho e dados. Hoje a melhor empresa criadora desse tipo de aplicativo é a mSpy. Há mais de 10 anos no mercado, o mSpy garante a entrega de seus produtos e serviços com qualidade, rapidez e sigilo.

mspy-banner-image
Não há solução de monitoramento melhor!
Cadastre. Instale. Monitore.

2. Phishing

Essa é uma técnica de engenharia social utilizada para ludibriar pessoas e obter informações sigilosas, como nome de usuário, senhas e até mesmo dados bancários. Não indicamos o uso desta técnica, pois se trata de um crime cibernético.

Como o próprio nome diz, esse procedimento funciona como uma pescaria, que consiste no envio de um link ou arquivo contaminado, que irá “pescar” a pessoa que clicar neles.

O phishing também pode ser considerado como a arte de enganar um usuário. O criminoso contará alguma história comovente ou investigará as redes sociais da vítima para obter informações sobre ela, a incentivar que a mesma entregue seus dados online.

3. Usando a ferramenta “Esqueci minha senha

Clique no link “Esqueci minha senha”, essa frase se localiza abaixo do campo de texto de digitação da senha no Facebook. A partir daí, a página será redirecionada para outra que contém um campo para o preenchimento do e-mail ou número de celular da pessoa.

Se você tem acesso a essas informações, você poderá completar o campo e receber uma mensagem do Facebook que chegará no e-mail ou no celular escolhido.

Mas esse método pode não ser eficiente se você não souber as informações exigidas pelo site. Por isso não indicamos o seu uso, pois esta não é uma forma que funcione na maioria dos casos para raquear Facebook.

4. Utilizando engenharia social

Como já mencionado, o Phishing é uma das técnicas de engenharia social. Mas, existem diversas outras formas de se hackear o Facebook assim.

Isso é algo que não recomendamos de forma alguma, pois são técnicas ilegais e inseguras. Além de estar enganando outra pessoa, você deixará sua máquina aberta e vulnerável aos ataques de outros hackers.

Utilizar esse método criminoso não é nada prático. O hacker terá de criar armadilhas psicológicas para enganar os usuários ou criar malwares que irão infectar o aparelho da vítima.

5. Usando um Keylogger

Keylogger é um programa spyware que deverá ser instalado no equipamento da pessoa que se deseja hackear o Facebook. Este é um programa que cópia e armazena tudo o que a pessoa digita no teclado do dispositivo.

Com todos os textos salvos, você conseguirá ler tudo o que foi escrito em um determinado período de tempo. Desta maneira, evidentemente, você conseguirá ler o login e a senha da pessoa, ou quaisquer outras credenciais, de sites, apps e redes sociais, sem perder nada. Mas, infelizmente, é uma solução bastante técnica também.

Então, quer a melhor escolha? Indicamos o uso do app espião.

O app espião se mostrou muito mais vantajoso e prático de usar. Com ele você conseguirá ver todas as conversas e ações da pessoa hackeada.

Conclusão

Como você pode perceber, o uso do app espião é de longe a melhor opção para hackear o Facebook rápido.

Através do uso de um bom aplicativo espião, como o mSpy, você terá acesso fácil e rápido ao Facebook de outra pessoa.

Com ele, você poderá fiscalizar o que seus funcionários fazem no horário de serviço e se estão acessando o Facebook em horários indevidos, evitando prejuízos.

Poderá trazer mais segurança para sua família, monitorando todos os passos do seu filho, sem contar os assuntos pessoais. Sempre o mSpy está lá por você.

mspy-banner-image
Não há solução de monitoramento melhor!
Cadastre. Instale. Monitore.
Laura é tradutora de Português/Inglês, escritora e editora com Mestrado em Comunicação pela Universidade Federal da Paraíba. Ela tem uma criatividade notável e acredita que a imaginação é a chave para o progresso científico mundial. Laura tem quatro romances de fantasia publicados e é autora de diversas traduções de ficção.

Deixe um resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Voltar ao Topo
Inscreva-se na nossa newsletter