mspyBlog
mSpy blog Atualizações, notícias e dicas no blog oficial do mSpy
Busca

Descubra como hackear o celular de outra pessoa

Laura Alves Cardoso

Uma das principais mudanças que ocorrem quando nos tornamos pais é justamente o desapego de si mesmo. Pouco nos importamos se estamos cansados, com sono, com fome, ou até mesmo correndo algum perigo: o importante é assegurar que nossos filhos estejam sempre seguros!

Todavia, com os avanços da internet, os perigos do mundo lá fora estão cada vez mais próximos do nosso lar, e é nossa missão – e obrigação – manter as nossas crianças a salvo! Portanto, se seu filho já tem acesso a um celular, você deve saber como hackeá-lo para monitorar as atividades on-line dos seus pequenos, afinal, o mundo virtual é permeado de ameaças como predadores sexuais e cyberbullying.

Índice

Como hackear o celular deles?

Agora que você já deve ter percebido a importância de manter seus filhos sempre ao alcance de suas vistas enquanto estão utilizando smartphones, tablets ou até mesmo o computador, você deve estar se perguntando: “Está bom, mas como hacker um celular? Isso não é muito complicado?”

De fato, hackear celular, tablet ou computador, de forma manual, é bastante complicado. Portanto, levando em conta que, com a crescente correria do dia a dia, quase não conseguimos parar em casa, tomar um tempo para hackear estes dispositivos é quase impossível!

Pensando nisso, desenvolvemos uma lista com alguns dos principais – mas simples e eficazes – métodos de como invadir um celular e outros dispositivos que seus filhos podem estar utilizando e que, de alguma forma, podem estar sendo a porta de entrada para algum mal na vida das suas crianças. Confira!

Como hackear um celular utilizando aplicativos de controle

Dentro das nossas pesquisas, concluímos que os usuários utilizam alguns métodos de como hackear o celular de alguem para ter maior controle sobre o que seus filhos fazem no celular. Nós selecionamos 4 destes métodos como os mais eficazes.

A forma mais rápida, simples, prática e eficaz de hackear o celular dos seus filhos, sem dúvidas, é por meio de um aplicativo de controle parental. Em outras palavras: por meio de um aplicativo feito justamente para invadir celular pela internet sem que o usuário deste dispositivo tome conhecimento ou perceba que está sendo monitorado.

1. Hackeando com um aplicativo espião

Um dos principais aplicativos que podem ser utilizados para este fim é justamente o mSpy. Além de permitir o monitoramento do WhatsApp do seu filho, mSpy também disponibiliza inúmeras outras opções para você ficar de olhos bem abertos em tudo que seu filho faz pela internet, como: keylogger, rastreamento e gravação de chamadas, bloqueio total do celular, rejeição de chamadas indevidas, monitoramento da localização em tempo real e até mesmo geofencing.

Outros recursos que o mSpy garante são:

  • Monitoramento do histórico do seu filho: você pode ter acesso à todas as suas pesquisas;
  • Acesso aos contatos: veja exatamente com quem e o que o seu filho está conversando;
  • Monitoramento do calendário e notas: veja quais são as principais anotações que seu filho tem feito.

Veja a seguir alguns dos prós e contras de usar os aplicativos de espionagem

Prós:

  • Os aplicativos de espionagem são elaborados e desenvolvidos especificamente para cumprirem com esta função: hackear um celular e permitir o monitoramento de todas as suas atividades.

Contras:

  • Os aplicativos de espionagem são pagos.
mspy-banner-image
Não há solução de monitoramento melhor!
Cadastre. Instale. Monitore.

2. Hackeando celular com ataque de força bruta

Outra maneira de hackear o celular dos seus filhos é justamente por meio de um ataque de força bruta. Mas calma! Isso não tem nada a ver com você dar um ataque de pelancas e tentar pegar o celular da mão dos seus filhos à força!

Apesar de ter esse nome, o método deve ser feito completamente na surdina e no maior sigilo! Basicamente o que você tem de fazer é: pegar o celular do seu filho escondido, desbloqueá-lo e ter acesso às suas conversas e tudo o mais.

Sim, parece simples, não? Mas na verdade é bem mais complicado. Afinal, você sequer sabe qual é a senha do celular do seu filho. Sem contar que ser pego é muito mais fácil!

3. Hackeando celular por meio do Bluetooth

Outra tática que você pode usar para hackear o celular dos seus filhos é por meio do bluetooth! Para isso, tudo o que você precisará fazer é baixar uma ferramenta de hackear celular por meio do Bluetooth, como, por exemplo, o Super Bluetooth Hack 1.08.

Apesar de ser totalmente gratuito e bastante sigiloso, não é uma solução tão eficaz, visto que basta uma simples atualização do sistema do celular dos seus filhos para você perder totalmente o acesso!

4. Hackeando celular por meio de spams

Este método é bastante sigiloso, pode ser feito de maneira bastante prática mas tem um porém, ele demanda um certo nível de desatenção dos seus filhos, portanto, não é 100% garantido que funcione.

Este método consiste em entrar no Google e fazer o login com o número do telefone dos seus filhos, mas clicar em “Esqueci a senha”. Em seguida, o Google pedirá um código de acesso que foi enviado para o celular cadastrado.

Nessa hora você deve enviar uma mensagem se passando pelo Google, pedindo a chave de acesso enviada para os seus filhos. Complicado né?

Conclusão: mSpy, o melhor aplicativo para invadir um celular pela internet

Bom, como você pode ver, a única solução sensata para hackear o celular dos seus filhos e passar a monitorar suas atividades é por meio do mSpy! Portanto, não fique quebrando a sua cabeça com engenhocas que não funcionam de maneira nenhuma: baixe agora mesmo o melhor aplicativo de controle parental!

mspy-banner-image
Não há solução de monitoramento melhor!
Cadastre. Instale. Monitore.
Laura é tradutora de Português/Inglês, escritora e editora com Mestrado em Comunicação pela Universidade Federal da Paraíba. Ela tem uma criatividade notável e acredita que a imaginação é a chave para o progresso científico mundial. Laura tem quatro romances de fantasia publicados e é autora de diversas traduções de ficção.

Deixe um resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Voltar ao Topo
Inscreva-se na nossa newsletter