Compatibilidade Comece a monitorar

O app rastreador mais discreto do mundo

Como Fazer

Acessar Gmail de outra pessoa secretamente

acessar gmail de outra pessoa

Existem poucos métodos efetivos para conseguir acessar Gmail de outra pessoa, de forma segura e, em especial, sem que ela saiba. Hoje, falaremos sobre eles, em detalhes, para que você não acabe em problemas se decidir tentar entrar numa conta  Gmail de outra pessoa.

A lista de possibilidades que você tem à disposição é composta por:

  • Aplicativos espiões
  • Keylogger
  • Engenharia social
  • Gerente de senhas do navegador
  • Phishing
  • Extensão de navegadores
  • Cavalos de troia

O motivo de a lista dos melhores métodos para saber como entrar no Gmail de outra pessoa pelo celular ser encabeçada pelos aplicativos espiões não é à toa. Afinal, trata-se da forma mais segura e efetiva que você pode utilizar. Vamos saber mais dela.

#1 Aplicativos espiões: o melhor método para entrar em outro Gmail

Nosso objetivo aqui é o de oferecer as melhores informações sem enrolação e com base em testes que realizamos em nossos laboratórios. Assim, embora haja uma infinidade de apps do nicho, o melhor de todos, sem a menor dúvida, é o mSpy.

O mSpy é uma ferramenta completa de monitoramento de celulares de forma remota e totalmente secreta. Desenvolvido com tecnologia de ponta, o aplicativo ocupa a posição de liderança do nicho, tanto em downloads e usuários, quanto no aspecto de confiabilidade do mercado.

Algumas das principais funções do mSpy incluem:

  • Acesso ao Gmail e a todos os outros e-mails da pessoa, tanto recebidos como enviados;
  • Acesso aos dados dos contatos, com nomes, datas e horários;
  • Acesso ao calendário e a todas as informações nele marcadas;
  • Acesso às demais ferramentas acopladas do Google;

Quer saber como entrar no Gmail de alguém com o mSpy? Fizemos um passo a passo.

Passo 1: Crie a sua conta mSpy.

Passo 2: Selecione o dispositivo a ser monitorado.

Passo 3: Proceda para o pagamento.

Passo 4: Acesse o Gmail de outra pessoa.

NOTA: no momento de instalação, é necessário acesso físico ao dispositivo a ser monitorado, com o intuito de executar o procedimento. Após este momento, nenhum contato com o celular rastreado será necessário.

Agora, o segundo método.

#2 Keyloggers: os registradores de teclas

Os keyloggers são uma espécie mais simples de software. A única função que eles possuem é a de capturar e registrar, em ordem, as teclas que são pressionadas por um celular ou computador. Deste modo, é possível saber qual senha foi digitada em determinada plataforma.

Os principais aplicativos espiões, inclusive, incorporam seus próprios keyloggers. Evidentemente, cada uma deles tem a sua própria tecnologia e o seu nível de alcance. Mais uma vez, podemos apontar o mSpy como o destaque da área.

Com o auxílio deles, ainda é possível conseguir acesso a outras senhas, como das mais famosas redes sociais, a exemplo do Facebook, Instagram, WhatsApp e muitas outras.

E, se você estiver pensando como se proteger deles, há algumas práticas que, a depender do software utilizado pela pessoa que está tentando acessar os seus dados, pode ajudar.

Como se proteger dos keyloggers?

  1. Utilize um Firewall → essa ferramenta bloqueia a comunicação do keylogger com um dispositivo terceiro, impedindo que a pessoa receba as informações acerca das teclas que você pressionou.
  2. Utilize um gerenciador de senhas → esses programas armazenam as suas senhas e permitem que você faça os seus logins sem digitar nada. Deste modo, o keylogger não consegue registrar nada.
  3. Fique atento → se notar algo de estranho em sua conta, utilize outro computador ou celular para modificar a sua senha.

Agora, a engenharia social.

#3 Engenharia social

A engenharia social não é um produto, nem mesmo um serviço. Trata-se, em sua essência, de se valer das interações com outras pessoas para obter informações íntimas ou privilegiadas. Assim, essa tática pode funcionar caso você conheça bem a pessoa.

Exemplos de senhas comuns que você pode tentar são:

  • Data de aniversário da pessoa;
  • Data de casamento da pessoa;
  • Número de celular da pessoa;
  • Número da placa do veículo da pessoa;
  • Número do telefone residencial;

Isso, claro, sem mencionar as já batidas, mas muito usadas, senhas quase que padrão. Algumas delas são:

  • 111111
  • abc123
  • 12345
  • 12345678
  • 123456789
  • password
  • password1
  • qwerty
  • iloveyou

Agora, como se proteger disso tudo.

O que fazer para se proteger da engenharia social?

Como não se trata de tecnologia, mas de interação humana, o melhor que você pode fazer é tomar cuidado com as pessoas à sua volta e, em especial, com o seu aparelho celular, ou computador. As principais dicas são:

  1. Evite deixar seu celular com outras pessoas;
  2. Não utilize senhas óbvias como mostramos;
  3. Não faça login em suas contas em aparelhos de outras pessoas;
  4. Utilize aplicativos que oferecem senhas extras ou passos a mais para verificação;

Passemos agora para a próxima técnica.

#4 Gerenciador de senhas do navegador

Antes de prosseguirmos, é bom dizer que este método demanda acesso ao navegador da pessoa, seja no celular, seja no computador. A exceção é se, em algum momento, ela utilizou o Gmail no seu celular ou computador, com seu navegador.

Os passos estão a seguir.

Passo 1: Abra o navegador (preferencialmente, aquele definido como padrão).

Passo 2: Abra o gerenciador de senhas. Normalmente, você o encontrará em “Configurações” e, depois, “Configurações Avançadas”.

Passo 3: Busque por “Senhas e Preenchimento”. Pode haver diferenças leves entre os nomes, a depender do navegador.

Passo 4: Clique em “Gerenciar Senhas”.

Passo 5: Procure pelo Gmail e tenha acesso aos login e senhas utilizados nele.

Então, como se proteger neste caso?

Como se proteger do uso do gerenciador de senhas?

Aqui, existe apenas uma forma simples e efetiva: não permita que o seu navegador armazene as suas senhas. Evidentemente, você pode apostar em nunca deixar ninguém acessar o seu celular ou computador, mas, ao longo do tempo, é improvável que tenha cem por cento de sucesso.

Próxima técnica.

#5 Phishing

Este método consiste em criar uma página que simula a de entrada do Gmail e, assim, quando a pessoa acessá-la e inserir os dados do login, você os captura. Parece complicado, mas, na verdade, tem se tornado tão popular que há formas razoavelmente simples de fazer isso.

Vamos ao passo a passo.

Passo 1: Faça o download do Gmail Phishing Page;

Passo 2: Assine um serviço grátis de hospedagem.

Passo 3: Verifique a sua conta no serviço. .

Passo 4: Acesse o painel de controle, clique em “Adicionar novo site” e, depois, em “Fazer o upload de um site próprio”.

Passo 5: Faça o upload Gmail Phishing Page.

Passo 6: Envie o link para a pessoa clicar e inserir os dados.

Então, qual é o antídoto?

Como se proteger do phishing?

Os principais meios de proteção são:

  1. Evite utilizar a mesma senha para todas as suas contas;
  2. Nunca utilize links comprimidos;
  3. Examine toda a extensão de um link, antes de clicar nele;

A seguir, as extensões.

#6 Extensão de navegador

Este método, embora poderoso, requer um nível de conhecimento técnico muito acima dos demais que trouxemos. Assim, caso você não se enquadre neste requisito, recomendamos que opte mesmo pelo uso do mSpy.

A ideia é desenvolver e, de alguma maneira, fazer com que a pessoa faça o download da sua extensão e a utilize no navegador. A partir daí, ela é utilizada para garantir o acesso à máquina da pessoa. Portanto, não há propriamente roubo de senha, mas sim invasão do sistema da outra pessoa.

E como se precaver disso?

Como se proteger das extensões de navegador?

Não há propriamente um método para isso. A regra é a da boa conduta, ou seja, evitar a qualquer custo baixar aplicativos, programas e extensões de fontes que você não confia e nem conhece. Outra ferramenta que pode colaborar na proteção é um antivírus de qualidade, que seja atualizado.

Finalmente, os famosos cavalos de troia.

#7 Cavalos de troia

Os cavalos de troia, também chamados de trojan, são software avançados que também requerem um conhecimento bastante profundo acerca do tema. Embora a tecnologia seja outra, o resultado é similar, de alguma maneira, ao dos aplicativos espiões, só que com mais dificuldades, em especial, para os iniciantes.

E a proteção?

Como se proteger dos cavalos de troia?

O melhor método aqui é seguir a prática de fazer downloads apenas de fontes conhecidas e confiáveis, além de ter em dia, sempre atualizado, um antivírus que monitore, entre outras coisas, as portas de saída do seu dispositivo com regularidade.

Ufa, agora você sabe dos métodos mais comuns e, principalmente, do melhor deles. Vamos a nossa conclusão.

A nossa conclusão

É evidente que existe uma série de outras formas, muito mais complexas, que não trouxemos. Focamos nas mais comuns e simplificadas. No entanto, como você percebeu, algumas delas, ainda assim, requerem determinado conhecimento.

Outras, como o uso de extensões e trojan, podem ser perigosos. Portanto, não recomendamos que façam uso delas. Deste modo, não há muito o que se pensar: se deseja uma forma efetiva de acessar Gmail de outra pessoa, escolha o mSpy.

Começando

A solução nº1 para monitoramento remoto!

Mantenha-se informado sobre o que se passa no celular de alguém com um app de rastreamento totalmente indetectável.

Mais de 1,5 milhão de usuários pelo mundo escolhem o mSpy

Mais de 30 funções avançadas de monitoramento

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments
Postado em:   Como Fazer